frank herbert

Exercícios para expandir a visão da mente

Criar cenários de futuro é uma prática muito mais corriqueira do que se pensa. Longe de ser exclusividade de gente esquisita que se propõe a escrever ficção científica (eu inclusa), isso acontece quando fazemos planos, estendemos a roupa no varal sabendo que não vai chover, ou antecipamos situações que ainda não aconteceram.

Ecossistemas em Duna

Duna tem muito para ensinar sobre preservação ambiental e cuidados com o ecossistema, além de ser um grande presente aos leitores que amam universos detalhados. Bom, eles podem se deleitar perante uma refinada construção não apenas de ecossistema, mas de manutenção, especiarias e a riqueza ecológica que Frank Herbert implantou em sua obra épica.

Cultura e Política nas páginas de Duna

Poucas tramas conseguem desenvolver a política de maneira tão fluida quanto a criada pelas mãos de Frank Herbert. Para quem observa Duna sem conhecer a obra, parece apenas mais uma história messiânica com um Império ao redor. Mas ela merece seus créditos, visto ser pioneira no gênero e ter uma fragmentação maior do que o genérico alcança.

O livro de areia

Há 60 anos, um Cessna 150 sobrevoava a cidade de Florence, no estado americano do Oregon. A bordo, um jornalista barbudo e quase quarentão observava as dunas a fim de escrever sobre um projeto para manter a areia longe da área urbana. A iniciativa de plantar uma vegetação intrusa saiu pela culatra, pois estava sufocando o bioma e acabando com habitats naturais. A reportagem de Frank Herbert nunca foi publicada, mas suas anotações provenientes desse voo mudaram os rumos da ficção científica para sempre.

Carrinho de compras
Rolar para cima