Piquenique na estrada

R$89,90

Disponibilidade: 24 em estoque (pode ser encomendado)

Os irmãos Strugátski foram os mais famosos escritores de ficção científica da União Soviética. Piquenique na Estrada, sua obra mais conhecida e elogiada, serviu de inspiração para o cineasta Andrei Tarkóvski no filme STALKER. Traduzido direto do russo, e com o texto original escrito pelos Strugátski, esta edição traz duas leituras complementares: um posfácio escrito pelo próprio Bóris e um prefácio assinado por Ursula K. Le Guin, autora de A Mão Esquerda da Escuridão.

arkady-strugatsky

Rússia

Arkádi Strugátski

Nascido em Leningrado, Arkádi Strugátski junto com seu irmão Boris, foram os mais famosos escritores de ficção científica da União Soviética. Antes de começar a escrever, Arkádi trabalhava como tradutor e intérprete de inglês e japonês. Entre 1958 e 1991, escreveram, em parceria, mais de vinte romances e novelas, além de diversos contos e peças de teatro. Um de seus romances mais famosos, Piquenique na estrada, foi adaptado para o cinema por Andrei Tarkóvski no filme Stalker (1979). A obra foi tão elogiada que ganhou o prêmio especial do júri no Festival de Cannes no ano seguinte. Alguns anos mais tarde, em 2001, o livro dos Strugátski ganhou sua versão em game. O jogo S.T.A.L.K.E.R, assim como o livro, fala sobre as zonas de visitação e faz um paralelo com o desastre de Chernobyl. O game já tem quatro versões e vendeu mais de cinco milhões de cópias. Ainda nos dias de hoje, Piquenique na estrada é aclamado na Rússia e nos países do leste europeu, em parte graças às suas críticas aos governos totalitários.
Ler mais

EXISTEM SERES INTELIGENTES NO ESPAÇO. MAS, PARA ELES, A HUMANIDADE É IRRELEVANTE.

A cidade de Harmont está mudada. Desde que foi palco de uma das várias invasões alienígenas na Terra, o clima é de incerteza e medo. Os visitantes anônimos não se comunicaram com os terráqueos, e assim deixaram a humanidade com questionamentos aterradores. Nos locais onde eles estiveram, agora zonas proibidas, fenômenos perigosos continuam acontecendo.

O trabalho ilegal de Redrick Schuhart, e de todos os outros stalkers, é invadir esse território para coletar e depois comercializar estranhos e misteriosos objetos trazidos de mundos distantes.

Publicado pela primeira vez em 1971 na União Soviética, Piquenique na Estrada mistura alusões à Guerra Fria e reflexões sobre a insignificância humana. Adaptado para os cinemas no filme Stalker, de Andrei Tarkóvski, é um dos maiores clássicos da ficção científica no leste europeu.

Traduzido direto do russo, e com o texto original escrito pelos Strugátski, esta edição traz duas leituras complementares: um posfácio escrito pelo próprio Bóris e um prefácio assinado por Ursula K. Le Guin, autora de A Mão Esquerda da Escuridão.

Peso 0,45 g
Dimensões 2 × 14 × 21 cm
Tradutor

Tatiana Larkina

Edição

Ano

2017

Páginas

320

Acabamento

Capa dura

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

Você também pode gostar

alp_1Kallocaina[brochura]_4cadastro_2Site
Karin Boye
Kallocaína (PRÉ-VENDA 22/04)
R$59,90
Alp_4Site_3CadastroGrid_ConscienciaQuantica
Amit Goswami
Consciência quântica
R$79,90
Alp_1SiteNovo_4CadastroSimples_LaranjaMecaninca
Anthony Burgess
Laranja mecânica
R$69,90
Alp_1SiteNovo_4CadastroSimples_FimDaInfancia
Arthur C. Clarke
O fim da infância
R$69,90
Carrinho de compras
Rolar para cima

Aviso de Recesso

Devido ao recesso de final de ano, nossa loja online estará com o número de funcionários reduzido entre os dias 20 de dezembro e 2 de janeiro.
Os pedidos realizados nesse período podem ter atraso no envio.
Boas festas!