Laranja mecânica

R$54,90

Uma das mais brilhantes sátiras distópicas já escritas, Laranja mecânica ganhou fama ao ser adaptado em uma obra magistral do cinema pelas mãos de Stanley Kubrick. O livro, entretanto, também é um clássico moderno da ficção inglesa e um marco na cultura pop, que ao lado de 1984, de George Orwell, Admirável mundo novo, de Aldous Huxley, e Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, representa um dos ícones literários da alienação pós-industrial.

6 em estoque

Reino Unido

Anthony Burgess

Anthony Burgess nasceu em Manchester, Inglaterra, em 1917. Formou-se em Literatura Inglesa pela Universidade de Manchester, serviu no Exército e, entre 1954 e 1960, trabalhou como professor junto ao Serviço Colonial Britânico na Malásia. Ao retornar à terra natal, recebeu a notícia de que tinha um tumor no cérebro. Desenganado, Burgess passou a escrever intensamente para garantir o sustento da esposa após sua morte. Foi nesse período que concebeu Laranja mecânica (1962). Mas o diagnóstico estava errado, e o autor viveu até os 76 anos. Ao morrer, em 1993, Burgess deixou uma grande obra em quantidade e qualidade, entre romances, peças de teatro (inclusive uma adaptação de Laranja mecânica em versão musical), estudos literários e roteiros de cinema e TV. A fusão de linguagens e idiomas para a criação de novos dialetos também é uma característica marcante de seu trabalho, sendo o nadsat – mescla gírias de gangues inglesas e palavras do idioma russo que deu vida a Alex e seus druguis – seu legado mais conhecido e até hoje revisitado.

Descrição

Clássico eterno da ficção científica, Laranja mecânica é um verdadeiro marco na história da cultura pop e da literatura distópica. Narrada pelo protagonista, o adolescente Alex, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma resposta igualmente agressiva de um governo totalitário. A estranha linguagem utilizada por Alex, conhecida como Nadsat, merece destaque na obra, criada pelo próprio Burgess, fornece ao romance uma dimensão quase lírica. A trama, que conta a história da violenta gangue de adolescentes que sai às ruas buscando divertimento de uma maneira um tanto controversa, incita profundas reflexões sobre temas atemporais, como o conceito de liberdade, a violência – seja ela social física ou psicológica – e os limites da relação entre o Estado e o Individuo. Ao lado de 1984, de George Orwell, e Admirável mundo novo, de Aldous Huxley, Laranja mecânica é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século 20. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick é uma obra marcante: depois da sua leitura, você jamais será o mesmo.

Informação adicional

Peso 0.28 g
Dimensões 2 × 14 × 21 cm
Tradutor

Fábio Fernandes

Edição

Ano

2019

Páginas

288

Acabamento

Brochura

ISBN

9788576574460

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Laranja mecânica”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias